vfkeducacao.com

Em Brasília, Colégio Notarial do Brasil apresenta relatórios de departamentos em AGE

0 Comentários


Brasília (DF) – O Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil realizou nesta terça-feira (04.02) Assembleia Geral Extraordinária para apresentação das ações tomadas pela nova diretoria da entidade, eleita em dezembro de 2019, que agora é presidida pela tabeliã paulista Giselle Oliveira Barros, com mandato até dezembro de 2022.

Durante o encontro foram apresentados relatórios detalhados sobre cada um dos departamentos da entidade, assim como todos os contratos existentes nas áreas de tecnologia, jurídica, administrativa e de comunicação da entidade para avaliação dos presidentes das Seccionais Estaduais e membros da diretoria. A Central Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec) também foi tema de apresentação minuciosa.

As ações tomadas pela entidade diante das normativas nacionais que entram em vigor este ano – Provimento nº 88/2019, Lei Geral de Proteção de Dados, Regulamentação do Ato Eletrônico – entre outros também foram discutidos pelos membros da diretoria, que aguardam análise do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a prorrogação do prazo de envio de informações contido na norma sobre combate à lavagem de dinheiro.

A presidente do CNB também destacou que pretende realizar em março um Workshop sobre assinatura eletrônica, reunindo especialistas de diferentes segmentos da sociedade e os notários brasileiros para a construção da proposta de um texto que valorize os princípios notariais ao mesmo tempo que atenda aos anseios da sociedade. “O notariado deve tomar a frente desse processo e fazer seu papel, sem abrir mão dos princípios que regem a atividade”, disse Giselle.

Por fim, a nova gestão apresentou as primeiras ações tomadas pela diretoria em cada um dos departamentos da entidade, objetivando assim adequar o funcionamento da entidade às diretrizes estabelecidas pelo chapa recém-eleita. Estiveram presentes cerca de 30 pessoas, representando os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Paraíba, Maranhão, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Amazonas e Pará.

A próxima reunião da entidade será no dia 3 de março, em Brasília (DF).

Fonte: Anoreg