fbpx

CNJ – Apostilamento de Tradução

0 Comentários

Não são passíveis de apostilamento as traduções juramentadas feitas a documentos particulares, mesmo o tradutor sendo funcionário público. Tradução é ato acessório e segue o destino do principal. Não sendo documentos particulares sujeitos a determinado ato, não cabe o mesmo ao ato acessório. Recurso dos tradutores negado.

Leia o comunicado do CNJ